sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Cansanção e Itiúba recebem Projeto de ATER da Fundação APAEB com o MDA

Foi lançado nos dias 12 e 18 de novembro o Projeto Renda & Vida II nos municípios de Cansanção e Itiúba. O Projeto está sendo realizado pela Fundação APAEB e foi contemplado no Lote 02 da Chamada Pública 011/2013 da Secretaria de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário – SAF/MDA. O Projeto irá atender a 1700 famílias agricultoras e grupos de economia solidária. Seu objetivo é oferecer serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural -ATER para famílias em situação de extrema pobreza, no âmbito do Plano Brasil Sem Miséria, compreendendo o planejamento, a execução e a avaliação de atividades individuais e coletivas, com vista à inclusão produtiva, promoção da segurança alimentar e incremento da renda.
cansOs eventos para lançamento do Projeto nos municípios contemplados reuniram agricultores beneficiários, representantes dos poderes públicos através da Secretarias de Agricultura, dos Sindicatos dos Trabalhadores e Agricultores Familiares e de entidades executoras de ATER destas localidades, além da equipe técnica do Projeto. Na oportunidade os participantes puderam conhecer um pouco mais sobre a história da Fundação APAEB, ter conhecimento acerca das ações que serão desenvolvidas e entender a importância do Renda & Vida II para as famílias agricultoras e suas comunidades.
Através de uma equipe multidisciplinar, a Fundação APAEB irá executar por meio deste Projeto, atividades coletivas de orientação para acesso às políticas públicas e para o desenvolvimento das Unidades Produtivas Familiares – UPF’s, oferecer acompanhamento e orientação técnica individual e elaborar projetos de estruturação das UPF’s. Também irá desenvolver atividades recreativas para as crianças durante as atividades grupais.
iti“O Renda e Vida II é uma oportunidade que muitos agricultores e agricultoras terão para estruturar e promover melhorias nas suas propriedades. É uma oportunidade para que possam torná-las produtivas ou mais produtivas do que já são, afim de serem fontes de alimentos de qualidade para as famílias e também uma fonte de renda”, salientou o engenheiro agrônomo e coordenador de projetos de ATER da Fundação APAEB, Cleiton Gonçalves.

Saiba mais sobre o Projeto Renda e Vida II:
O Renda & Vida II é um projeto da Fundação APAEB que será desenvolvido com recursos do MDA no atendimento a 1700 famílias nos municípios de Cansanção e Itiúba.
O Projeto teve uma edição anterior, realizada em 2011-2012 com os eixos Transição Agroecológica, Organização Social e Produção de Alimentos para Segurança Alimentar e Nutricional. A nova edição, o Renda & Vida II, os eixos são à Inclusão Produtiva, Promoção da Segurança Alimentar e Incremento da Renda.
A equipe que irá executar o Projeto é formada por 03 técnicas sociais (pedagoga, comunicóloga e licenciada em Letras); 02 coordenadores (agrônomos); 02 agrônomos de campo; 02 técnicos de campo formados em Gestão Ambiental e 13 técnicos em agropecuária.

Informações:
Ana Naara da Silva e Silva
comunicacao@fundacaoapaeb.org.br

Encontrado 170 kg de maconha em igreja, que seria do padre e do namorado

Após denúncias, a Polícia Civil encontrou 170 kg de maconha que estavam escondidas no interior da igreja. Na ocasião, foram presos o padre e mais três pessoas que possivelmente estejam envolvidas.
padreTrês pessoas foram presas por tráfico de drogas em Pontezinha, no Pernambuco.O detalhe é que os 170 kg de maconha apreendidos pela polícia, após denúncias, estavam escondidos dentro de uma igreja. O padre foi preso e o namorado dele também. Além dos 170 quilos de maconha, que estavam escondidos dentro da igreja, policiais do Departamento de Repreensão ao Narcotráfico (Denarc) apreenderam um revolver calibre 38 e uma carteira de autoridade eclesiástica.

Jaguarari: Jovem de 16 anos diz que padrasto é o pai de sua filha de dez meses

Um homem foi preso suspeito de abusar sexualmente da enteada de 16 anos, no distrito de Juacema, que fica na cidade Jaguarari, localizada a 403 km de Salvador. O suspeito foi capturado durante a madrugada de quarta-feira (20), depois de ser denunciado ao Conselho Tutelar pela vítima, que afirma que o homem é pai de sua filha de dez meses.
jjDe acordo com a delegada da cidade, Eliza Padilha, a adolescente afirmou em depoimento que o padrasto a abusava desde os nove anos de idade. “Os abusos, segundo ela, ocorriam desde quando a família morava em São Paulo. E a menina afirma que desses abusos foi gerada a criança, que nasceu em janeiro desse ano”, destacou a investigadora, em entrevista ao G1.
Segundo a delegada, amostras de sangue já foram colhidas para exame de DNA, que confirmará ou não se o padrasto é o pai. “Ele nega veementemente, e, no depoimento, atribui a ela um comportamento sexual devasso. Só resta saber o resultado [do exame]”, conta.
Além da adolescente e do padrasto, a mãe da vítima, suspeita de ser conivente com os abusos, também foi ouvida. “Há possibilidade de haver certa conivência da mãe. No depoimento, ela diz que nada do que a filha diz é verdade. Além disso, a adolescente contou que chegou a relatar à mãe que sofria os abusos, quando eles ainda moravam em São Paulo, mas ela não quis acreditar”, disse a delegada.
Ainda conforme a investigadora, por não aceitar a deúncia contra o companheiro, a mãe teria expulsado a filha de casa. “Ela [a adolescente] foi expulsa e está morando na casa do namorado, no povoado de Gameleira”, afirmou.
O padrasto teve a prisão preventiva decretada pela Justiça na semana passada. “Ficamos sabendo que ele planejava deixar o município e, por isso, solicitamos a prisão, que ocorreu ontem [quarta-feira]”, disse Eliza Padilha. O suspeito foi autuado por estupro de vulnerável e encaminhado ao sistema prisional. (G1/BA)
Equipe da Secretaria de Infraestrutura recupera cobertura de esgoto na Praça da Feira.
Diante das fortes chuvas, um esgoto estourou no centro da cidade e de imediato uma equipe da Prefeitura agilizou a recuperação.


quinta-feira, 20 de novembro de 2014

O Dia da Consciência Negra em Itiúba só Não Passou Despercebido Graças a Um Grupo de Crenças de Comunidade Carente

Coisa para gente grande feito por crianças que acreditam em um mundo de igualdade, mesmo que seja um sonho elas realizaram.
Um grupo de meninos e meninas moradores do bairro São Gonçalo, coordenados pelo líder comunitário Murilo e outro adolescentes, percorreram várias ruas da cidade de Itiúba para mostrar um pouco da resistência e a História dos Negros no Brasil.
Os artistas mirins, empolgaram por onde passavam mostrando suas coreografias, danças típicas, capoeiras e muitas alegorias.
Puxão de orelha; Faltou um olhar de gente grande, para esta gente pequena (criança) com grandes sonhos... Valeu meninada nossos parabéns, é assim a agente aprende a ser gente e se libertar das correntes invisíveis deste  sistema que é um vampiro. Deixo esta musica pra reflexão.
O Que É, O Que É?


Eu fico com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita

Viver
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz













Juju Mangabeira Marca Presença no Encontro de Sanfoneiros da TV BONFIM


O comunicador e forte candidato a sucessão ao governo municipal em 2016 de Antônio Gonçalves, Juju Mangabeira, marcou presença no encontro de sanfoneiros da TV BONFIM, onde falou da grande importância do evento para a cultura regional. O evento foi comandado pelo apresentador Day Bonfim.



20 de Novembro - Dia Nacional da Consciência Negra

O Dia Nacional da Consciência Negra é comemorado em 20 de novembro, dia da morte de Zumbi dos Palmares, e reivindica essa figura histórica como símbolo de resistência. Aqui em Itiúba o nosso Líder Negro NELSON BISPO é o nosso rei de cor, fez Reforma Agrária e libertou seu povo do latifúndio, em seu nome abraçamos  os demais Negro e Negras de nossa terra.

 


Monumento a Zumbi dos Palmares em Salvador, Bahia*
O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, foi instituído oficialmente pela lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. A data faz referência à morte de Zumbi, o então líder do Quilombo dos Palmares – situado entre os estados de Alagoas e Pernambuco, na região Nordeste do Brasil. Zumbi foi morto em 1695, na referida data, por bandeirantes liderados por Domingos Jorge Velho

A data de sua morte, descoberta por historiadores no início da década de 1970, motivou membros do Movimento Negro Unificado contra a Discriminação Racial, em um congresso realizado em 1978, no contexto da Ditadura Militar Brasileira, a elegerem a figura de Zumbi como um símbolo da luta e resistência dos negros escravizados no Brasil, bem como da luta por direitos que seus descendentes reivindicam.

Monumento a Zumbi dos Palmares em Salvador, Bahia*